Artigos

Liderar a Inovação

Publicado em Artigos.

Para ver a versão de impressão, Clique aqui.

As organizações prosperam ao gerar e executar ideias com valor real para os seus clientes internos e externos.
Mais detalhadamente, descobriu-se que líderes eficazes demonstram um profundo compromisso com a inovação, visível e regular, dizendo a verdade e agindo de acordo com o discurso que proferem.

Segundo um dos gestores:
“Não me importa o que está a gerir ou que inovação está a tentar implementar. Não poderá mudar as pessoas com palavras. Poderá mudar as pessoas com comportamentos, e maus comportamentos não podem ser desfeitos com boas palavras. Se gere pessoas e não se comporta de modo consistente com o que diz, esqueça. Nada conseguirá.”

Descobriu-se igualmente que os líderes da inovação valorizam e otimizam a diversidade ao criar condições para que todos, e não apenas os que pensam de modo semelhante, possam gerar ideias. Para que isso aconteça, estes líderes encorajam todos a alargarem a sua visão do mundo e a adotarem medidas concretas para “atear” novas perspetivas.

Além disso, líderes inovativos habitualmente moldam e selecionam novas ideias, não as asfixiando prematuramente com questões sobre viabilidade e custos. De seguida, promovem o ambiente de inovação protegendo ou incentivando ideias.

Mais crítico, os líderes qualificados executam ideias com indiscutível valor para o cliente, através de uma união eficaz, resolvendo problemas de implementação e gerindo a mudança.

Para analisarmos como a mudança se une à inovação, consideremos uma analogia visual: uma fita de Mobiusé uma curiosa figura geométrica formada pela torção de 180 graus de uma estreita faixa de papel, anexando as suas extremidades numa figura tridimensional – com um lado apenas!

A relação entre mudança e inovação é muito semelhante à das voltas da fita de Mobius:
dois termos, dois conjuntos de causas, dois tons emocionais, dois níveis de magnitude, dois objetivos – mas apenas um lado.

•Uma iniciativa de inovação, adequadamente executada, exige mudança.
•Uma iniciativa de mudança, para ser bem-sucedida, exige inovação.

Nas palavras de um gestor:
“São primas. Eu não acredito que sejam mutuamente exclusivas. A minha definição profissional de inovação passa por ver as coisas de forma diferente e ver diferentes coisas. E ambas representam mudança!”
Ou, como descrito por um outro gestor: “Um inovador tem de ser um agente da mudança.”

Segundo AlbertEinstein, Insanidade é fazer repetidamente o mesmo, na expectativa de obter resultados diferentes.
Como a mudança é a constante dos dias de hoje, é necessário estimular, nas pessoas, as capacidades para Pensar e Liderar, em moldes eficazes e inovadores.

No contexto atual, pretende-se que as pessoas se superem, apoiadas na evolução da tecnologia que, a despeito de deslumbrante, não constitui solução suficiente.
As organizações requerem das suas pessoas, um renovado estado de ânimo que conduz à rigorosa aplicação de processos, procedimentos e saberes e - só em consequência disso - a resultados otimizados.

A Basilaris propõe-lhe as soluções, universalmente testadas, através de eventos modeladores da atitude para a inovação, pragmáticos e fortemente envolventes.

 

Morada

  • Praça de Azurite, 380-B
    Parque São Domingos
    2785-812 São Domingos de Rana

Newsletters

 
Siga-nos no Facebook

Representamos